Q&A

Olá a todos, espero que este mês de janeiro esteja a ser maravilhoso 🙂 Andei a juntar perguntas vossas pelas redes sociais, para ajudar a desmistificar um pouco o veganismo e para matar a vossa curiosidade 🙂 Se por acaso surgirem mais perguntas depois de lerem este artigo, sintam-se à vontade de as fazerem que eu responderei com todo o gosto. Espero que gostem 🙂

Hello everyone, I hope that January is being wonderful 🙂 I’ve been asking you questions on the social networks, to help demystify veganism a little and to kill your curiosity 🙂 If you have more questions after reading this article, feel free to ask them that I will respond with all the pleasure. Hope you like it 🙂

1- Achas que daqui a uns anos vão existir mais pessoas vegan do que omnívoras, mundialmente? // Do you think, in a few years, there will be more vegan than omnivorous people, worldwide?

Começamos com perguntas difíceis! Acredito mesmo que com o passar dos anos, que as pessoas ao ser confrontadas com a realidade e que com a quantidade de informação que existe disponível, que o número irá aumentar drasticamente. Se ultrapassará os omnívoros? Não sei. Temos de ter em conta zonas que não faz sentido ser vegan, ora pensemos nos pólos e em África, por exemplo. 

Cada vez existem mais pessoas a deixar de consumir animais por vários motivos: ambientais, saúde ou mesmo pela crueldade animal. Cada vez existem mais doenças, mais cancro, mais obesidade, etc. As pessoas acabarão por abrir os olhos, não todas, mas algumas 🙂 

Starting with tough questions! I really believe that as the years go by, people will be confronted with reality and with the amount of information that is available, the number will increase dramatically. Are we going to overtake omnivores? Don’t know. We have to take into account areas that doesn’t make sense to be vegan, think of the poles and Africa, for example.

There are more and more people to stop eating animals for various reasons: environmental, health or even animal cruelty. There are more and more diseases, more cancer, more obesity, etc. People will eventually open their eyes, not all, but some 🙂

Resultado de imagem para vegan

2- O top de países que gostarias de visitar // The top countries you would like to visit

Gostaria muito de voltar à Alemanha, às minhas raízes. Países como Inglaterra, Grécia e Itália também estão na minha lista. Amava ver a aurora boreal. 

I would like to visit Germany, to my roots. Countries like England, Greece and Italy are also on my list. I would love to see the aurora borealis. 

Resultado de imagem para aurora boreal

3- Se te mudasses para outro país qual seria? // If you moved to another country, what would it be?

Se me mudasse, seria para um país em o inglês fosse a língua principal. Embora adore a Alemanha, não domino a língua. 

If I had to move to another country, it would be one country that has English as the main language. Although I love Germany, I don’t speak german.

4- Como fazes para comer fora por causa do glúten? // How do you do to eat  out considering you are gluten intolerant?

Não vou dizer que é fácil, porque não é. Quando vou a um restaurante é fácil pedir arroz ou batata frita. Agora se for a um shopping a situação já é diferente. Ou como glúten sabendo que vou ter complicações ou peço uma refeição que tenho pão e afins e não como o que me faz mal. Até agora só sei de uma cadeia de fast food que posso comer e que não me faça mal: Vegana Burgers. Podem-se comer os hambúrgueres sem pão e eles têm hambúrgueres sem glúten. De resto, tenho que escolher saladas. 

I won’t say it’s easy, because it’s not. When I go to a restaurant it is easy to order rice or fries. Now if I go to a mall the situation is already different. I have two options: eat gluten knowing that I will have complications or ask for a meal that have bread, even if I won’t eat it. So far I only know of a chain of fast food that I can eat and that doesn’t make me ill: Vegana Burgers. You can eat the burgers without bread and they have burgers without gluten. Overall, I have to choose salads.

Imagem relacionada

5- Qual é o teu guilty pleasure? // What is your guilty pleasure?

Esta é tão fácil de responder ahah – BATATAS FRITAS. Eu não sei, eu simplesmente adoro batatas fritas. Tanto as que se fazem em casa como as de pacote. Em casa adoro fazer umas com caril, ficam divinais!

This is so easy to answer ahah – FRIED POTATOES. I don’t know, I just love fries. Both those that are made at home as the package. At home I love making curry ones, they are divine!

Resultado de imagem para batatas fritas

6- Quando dizes que tens uma alimentação vegetariana, qual é a primeira coisa que te dizem? // What is the first thing that the others say, when you tell them that you follow a vegetarian diet? 

Existem duas grandes reações:

  • A de “nutricionistas”- Então e a proteína? 
  • De pena – Txi coitada, não comes nada não é?

Tem que haver paciência para as duas reações ahah, mas explicando algumas pessoas percebem e até ficam curiosas e fazem perguntas 🙂 

There are two main reactions:

  • “Nutritionists”- What about protein?
  • When they feel sorry for me – Woow, poor girl, you don’t eat anything, don’t you?

I have to be patient for both reactions ahah, mas after explaining, some people get curious and ask me what they don’t know. 

7- O blog teve algum impacto na tua vida? // Has the blog had any impact on your life?

Sim, definitivamente que sim. Não há sensação melhor que poder ajudar pessoas. Para além de dar valor ao que tu fazes já me disseram que consegui mudar a forma como comiam e como viam os alimentos, e não há nada mais gratificante 🙂 Graças ao blog já entrei em contacto com pessoas fantásticas. Não me arrependo nada 🙂 

Yes, definitely yes. There is no better feeling than being able to help people. Besides giving value to what you do I have already been told that I’ve changed the way they ate and how they saw the food, and there is nothing more rewarding 🙂 Thanks to the blog I got in touch with fantastic people. No regrets 🙂

 

Resultado de imagem para thank you

 

 

 

 

17 Replies to “Q&A”

  1. Siiim as luzes de Aurora Boreal!! me too 😀

    1. Aiiii 😀

  2. pirilamposemarte says: Responder

    Adoreeeei 😀

    Beijinhos
    http://www.pirilamposemarte.com

    1. Obrigada 😀

  3. Adorei! 🙂
    Beijinos e continua com essa força!

    1. Obrigada :*

  4. Opa, eu também sou adoro batatas, não posso ter cá em casa porque se não vai logo no dia :b tens que partilhar essa receita com caril o: (eu gosto de colocar oregão xD)
    Obrigada por responderes às perguntas

    Beijinhos

    1. Qualquer dia partilho! :3

  5. Partilhamos um “sonho” : ver uma Aurora 😍
    Beijinhos!

  6. Adorei conhecer-te um pouco mais!
    Estes posts aproximam-nos de quem nos lê 🙂
    Beijinhos

    https://theincompletediary.blogspot.pt/2018/01/defeitos.html

  7. Gostei do blog e desta tag 🙂

  8. Obrigada pelo teu comentário no meu blog. <3
    Gostei de te conhecer melhor linda, beijinhos. 🙂

    1. Obrigada, um beijinho :*

  9. A alimentação vegan ainda não está muito enraizada no nosso país, mas concordo contigo que tem tendência a aumentar, uma vez que existe uma maior consciência por parte das pessoas. Acho que com a abertura de mais espaços de venda de produtos alternativos também se torna mais fácil aceder aos produtos.
    Excelente post, e irei acompanhando o teu blog!
    🙂

  10. Carolina Franco says: Responder

    Adorei as tuas respostas. Não sou vegetariana nem vegan. Acho que não conseguiria, mas apesar de tudo tenho comido menos carne vermelha e menos frango, devido à reeducação alimentar. Mas não consigo deixar de comer atum.

    Beijinhos

    http://www.carolinafranco.pt

    1. Obrigada Carolina, qualquer redução já é super benéfica para ti, para o ambiente e para os nossos amigos animais 🙂 Um beijinho *

  11. Gosto muito deste género de publicações, porque permitem conhecer um pouquinho melhor quem está do outro lado 🙂
    Também adorava ir a Itália e à Grécia!

O que achaste? Conta-me tudo!