O meu namorado não é vegan – Q&A

Esta é uma questão que para uns é impossível de acontecer e para outros, com respeito, é completamente fazível. Juntei várias perguntas que vocês fizeram para, de uma vez por todas, afirmar que sim, é possível um vegan e um omnívoro serem felizes juntos, desde que haja respeito

Cozinhas para ele? 

Ainda não vivemos juntos, mas sim, já cozinhei para ele e ele adorou! 

Sentes-te confortável a cozinhar carne ou optas por “impingir” algo vegan à sua alimentação? 

Não, cá em casa (ainda vivo com os pais) não entra carne e muito (mas muito) raramente entra peixe. Todos os que vêm cá sabem perfeitamente que a refeição será vegan. Não faria sentido eu comprar e promover a morte de animais para a minha casa 🙂

1ca3c188-b5dd-46b5-bf1b-5362e8199623
Receita

Quando vão jantar fora os dois implicam com o que o outro vai comer? Já pensaste quando morarem juntos um dia, como será? 

Não implicamos. O que acontece é que muitas vezes relembro-o olha que isto faz isto à saúde ou lembra-te que poderias optar por x. Mas ele pode comer o que quiser, claro.

Quando vivermos juntos eu não vou comprar nem cozinhar animais. Caso ele sinta saudades de um prato com animal, ele próprio comprará e cozinha. Ele concordou 🙂

Vocês têm picardias acerca da alimentação? 

Na realidade sou só eu que tenho ahaha. Muitas vezes para relembrá-lo a nível de saúde a asneirada que ele está a fazer. Mas ele já sabe tudo o que há para saber e felizmente, sabe fazer boas escolhas, por isso é pacífico. 

Já alguma vez tiveste uma “recaída”, olhares para o que ele está a comer e pedires um pouco? 

Não. Ao longo do tempo deixa-se de se ver um bife (por exemplo) como comida e vê-se um pedaço de um animal morto. Não querendo ofender ninguém, sempre que passo na zona do talho acontecem duas coisas: nojo e vontade de chorar. Por isso, a partir do momento em que sei se certo alimento contribuiu para o sofrimento de um ser que não teve qualquer tipo de escolha, nem se mete a questão de comer. 

Sem dúvida que existe respeito na vossa relação, mas costumam brincar com o assunto?

Claro, há que saber brincar com a situação. Tanto eu brinco com ele como ele brinca comigo. Mas é tudo muito descontraído e pacífico, o que interessa é haver partilha de conhecimento e saber como a realidade exactamente é. Depois cada um decide o que lhe faz mais sentido fazer. 

alex-iby-371384-unsplash

Como foi para ele a tua reeducação alimentar? 

A minha reeducação alimentar começou para controlar uma doença autoimune que tenho – a Fibromialgia. Ele acompanhou-me no auge da doença e viu (bastante surpreendido) como fui ganhando qualidade de vida e que a maior parte das vezes nem me lembro que a tenho. Por isso, sempre a apoiou. Claro que não me tornei logo vegan, foi um processo gradual e ele sempre percebeu as minhas razões embora não faça o mesmo. Ele respeita

O que te levou a seres vegan? 

Como já disse na resposta anterior a reeducação alimentar começou para controlar a Fibromialgia. Inicialmente deixei de comer carne, lácteos (porque já era intolerante à lactose) e glúten. O problema é que quanto mais uma pessoa se informa, mais coisas se sabe, então deixei de comer peixe, moluscos e qualquer outro tipo de animal e por fim o ovo (mesmo que tivesse oportunidade de consumir biológicos). Portanto, começou para ganhar qualidade de vida e depois pelo ambiente e pelos animais, que são os que mais sofrem no meio disto tudo. 

tim-marshall-131065-unsplash

E o teu namorado não o é porque? O que ele acha disso? 

Embora ele perceba todos os meus argumentos, e concordar com a maior parte deles, ele não retirou de vez com nenhum alimento. Ele reduz bastante certos alimentos, como os lácteos e a carne. Não, ele não é vegan, mas isso não significa que ele não se preocupa com os animais e com o ambiente, pelo contrário, ele tenta fazer o máximo possível para ajudar no que puder 🙂 

Já o tentaste “mudar” nesse aspeto?

Já, claro. Qualquer vegan iniciante tem aquela vontade de mudar meio mundo, porque é importante cuidarmos do único planete que temos, porque os animais sofrem de uma maneira que muitos não sabem, enfim. Mas depois percebemos que apenas podemos dar as informações, que a ação tem de vir das pessoas, tem de ser uma coisa que elas queiram realmente, senão, transforma-se numa moda que não será seguida por muito tempo. 

Que hábitos alimentares conseguiste mudar na alimentação do teu namorado? 

Consegui que reduzisse bastante a carne, os lácteos e o açúcar. Os ovos que ele consome são caseiros (da casa dele), a proteína que ele consome nos batidos é de origem vegetal e o leite também. Ele também descobrir os queijos vegan e adorou!

Fazes questão de explicar porque escolheste certos tipos de comida e o quão saudável pode ser e saber a opinião de ambos? 

Sim! Essa é das coisas mais importantes que um vegan tem/pode fazer: informar, dar bases, explicar o porquê, que opções existem, quais as mais saudáveis tanto para nós como para o planeta. A maior parte das vezes ele concorda e quer saber mais sobre o assunto, outras, como a carne por exemplo, considera que poderemos apenas reduzir e que isso já causará bastante impacto (o que é verdade). 

Quando te tornaste vegan, houve algum alimento/prato que te tenha custado deixar de comer? Há algum prato vegan que o teu namorado aprecie comer? 

Ai alguns, sim! Tenho uma saudade enorme de comer rissóis e ainda não consegui descobrir nenhuma receita (decente) de rissóis sem glúten! Não sinto saudades de um prato específico com animais, sinto saudades de poder comer algo semelhante, por exemplo, uma pizza bem recheada de queijo (só que vegan), tal como as do shopping! Qualquer prato dá para veganizar, é preciso é experimentar!

Todos os pratos que se fez cá em casa ele gostou, excepto algumas sobremesas! Ele experimenta tudo e é bastante fácil de agradar ahaha.

Se constituírem família como vão educar os filhos? Como é que a família dele reage nos jantares/almoços de família? 

Esta é das mais difíceis. Estivemos a falar e chegámos a um acordo. Nos primeiros tempos óbvio que não lhe vou dar nada que sei que lhe fará mal como os lácteos e açúcar (são o pior veneno). Assim que for crescendo vamos explicando as coisas e “ele” decide o que quer fazer com essa informação, ou seja, em casa come o que há e quando sair com os amigos ou for a festas de anos, faz as escolhas “dele”. Penso que esta seja a opção mais justa para os dois lados. 

Quanto à família dele foi tudo muito pacífico também porque sabem que foi maioritariamente (no ínicio) por causa da doença. Sempre que lá vou fazem questão de fazer uma receita do meu blog para eu comer 🙂 E elas adoram este tipo de pratos!

kate-krivanec-212734-unsplash

 

 

29 Replies to “O meu namorado não é vegan – Q&A”

  1. gostei de todas as perguntas e respostas 🙂 o teres feito reduzir na alimentação da carne já foi bom. É como nós cá em casa! ainda não conseguimos deixar de comer carne, mas optamos por reduzir, por ex: o que para muita gente é 65%carne e o restante massa/arroz ou batata, a nós é o contrário!

    1. Fico muito feliz em saber isso! Qualquer alteração já vai causar impacto embora não pareça! Um grande beijinho*

  2. Somos um pouco idênticas 🙂 Eu já vivo com o namorado a 1 ano, mas só recentemente é que tornei vegetariana e ele aceitou muito bem (porque já queria o ser, mas quando vivia com os meus pais, era muito complicado), anyways.. desde que tornei, eu cozinho para ele na boa, e também nunca tive uma recaída.. Ele até começa inconscientemente a comer mais verduras por causa de mim.. Ele tem sempre curiosidade nos meus pratos.. E acaba por provar.
    A minha família custou a compreender (principalmente a minha mãe), mas já aceita! Assim como a família dele, não entende muito bem, mas aceita. É somente uma questão de respeito, e tudo se resolve. Somos felizes e isso é que importa! Beijinho Grande*

    1. Que bom! Fico mesmo feliz que apesar das diferenças consigam ser felizes e que haja muito amor pelo meio! Obrigada pelo testemunho, um beijinho*

  3. Adorei Adorei Adorei!
    Um post bastante elucidativo. Apesar de não ser vegan já começo também a substituir algumas coisas e a quebrar mitos. Tento procurar nas zonas biológicas coisas mais saudáveis tipo bolachas com menos gordura, os tais hamburgueres de soja.
    Já me questionei o que leva as pessoas a irem às cadeias de fast food, é bem melhor comprar um hamburguer saudável e comer em casa do que aquela alta dose de calorias.
    Beijinhos, continua a inspirar-nos!

    1. Que bom Ana! É tão bom sabermos que as pessoas gostam do que fazemos 😀 Fazes muito bem, devagarinho se vai ao longe! Um grande beijinho*

  4. As tuas respostas revelam que pensaste muito bem no que significaria tornares-te vegan. E também é muito bom o facto de os dois chegarem a acordo. Obrigada por responderes às minhas perguntas ^^, beijinho!

    1. Obrigada eu por me teres feito perguntas! Fico muito contente que tenhas gostado! Um beijinho :*

  5. Parece-me que resulta muito bem entre vocês, podia ser motivo de atrito mas vocês organizaram bem tudo! As respostas são muito boas 🙂

    1. Muito obrigada! 😊✨

  6. Amei o post, muito completo!
    Muitos beijinhos
    MUAH*
    Blog | Youtube | Facebook

    1. Que bom! Beijinho*

  7. Adorei todas as respostas! Ainda no outro dia perguntei ao namorado se poderíamos experimentarmos ser vegan’s ou até vegetarianos e ele olhou-me como se eu estivesse a endoidecer. Disse me logo que não ia deixar de comer carne. Acho que não há hipótese. Embora, esteja numa reeducação alimentar e quero muito poder deixar o glúten, o açúcar e a lactose (pois sou alérgica ao glúten e à lactose). Adorei as respostas querida! Beijinhos

    http://www.carolinafranco.pt

    1. A ideia de deixar de comer carne assusta muita gente! Mas é bem mais fácil do que eles pensam 😊 força nisso! Um beijinho *

  8. Quando conheci o meu marido, ele não já não comia carne e eu fui deixando também. Já passaram quase 6 anos e agora nenhum dos dois come carne ou peixe. Aos poucos vamos sincronizando mas, de facto, o essencial é mesmo o respeito! Bravo!

    1. Que bom! 💖 obrigada pelo comentário, um beijinho 😘

  9. És magnifica Sarita! as picardiass eheh acho que fazes muito bem, eu não sou vegetariana mas carne quase não como e ao almoço só legumes e sinto-me muito bem 🙂
    Beijinhos*

    1. Ohh tão querida! Fazes bem! Um beijinho 😘

  10. Adorei as perguntas e respostas e principalmente o tema do post! Não sou vegetariana nem vegan, bem pelo contrário e tenho perfeita noção que apenas sou “omnívora” porque consigo fechar os olhos à ligação entre comida e animais, ainda que às vezes o faça com esforço e conscientemente. É um assunto com o qual tenho muitos problemas e que penso muitas vezes.
    Já houve uma altura da minha vida em que não comprava carne e por isso mesmo não a cozinhava, só comia fora de casa praticamente e a verdade é que meses depois tinha nojo de tocar em carne, impressionava-me imenso. Mas para o meu namorado, que é do Norte, carne é tudo e na opinião dele “refeição sem carne não alimenta”. Adorava poder dizer, como tu, que o consigo fazer mudar de ideias e minimizar isso mas acaba por acontecer mais o contrário, acabo eu por ir atrás e “fechar os olhos à situação”…
    Um dia, hei de ter a força! Um beijooo

    joanalino.com

    1. Primeiro que tudo, obrigada pelo comentário, é tão bom! 🙂 Ainda bem que gostaste, fico muito contente. Quanto ao tema da carne, só vais conseguir mudar as ideias de outras pessoas se tu realmente acreditares no que estás a dizer! (sem críticas). Quando estiveres preparada deixas de comer carne, não vale a pena forçar, mas irias ver que te sentirias muito melhor! Deixar de comer carne (ao contrário do que se pensa) dá-nos energia!

      Um grande beijinho*

  11. O respeito é mesmo a base de tudo. Quando as pessoas se sabem ouvir e respeitam as decisões do outro, torna-se muito mais fácil!
    Gostei imenso de ler esta publicação. Obrigada por teres respondido às minhas questões 🙂 se souber de alguma receita de rissóis decente venho partilhar contigo

    Beijinhos*

    1. Obrigada! Muito obrigada pela pergunta 😍 um beijinho!

  12. Ola Querida:) Tudo bem?
    Adoreiiii O Post e todas as respostas:)
    Beijinhos Karina
    Novo post :http://openklosetfashion.blogspot.pt/2018/02/convento-do-espinheiro-historic-hotel.html#disqus_thread

  13. É fantástico quando existe respeito e amizade. A minha irmã também é vegetariana e o namorido não, aliás ele às vezes caçava, mas com o tempo foi apercebendo da realidade e mudou a sua alimentação.
    Na minha opinião uma pessoa vegetariana e uma omnívora conseguem ter uma relação, mas é preciso existir respeito 😀 Acredito que na vossa relação a alimentação nunca será um problema (e também estou convencida que ele quase se tornará vegetariano ahaha)

    Beijinhos

    1. Obrigada querida, um grande beijinho 💖

  14. adorei este post! Já me ri aqui com algumas das tuas respostas!!
    Não sou vegan, mas adoro comer vegetariano! E carnes vermelhas também já não como… estou em processo!

    1. Ainda bem que gostaste! Um beijinho*

  15. Algo me diz que quando forem morar juntos ele vai acabar por “ceder” à conta das tuas receitas maravilhosas!… 😊

    1. Ahaha ele adora! Um grande beijinho 💖

O que achaste? Conta-me tudo!