Férias de verão vegan

Olá a todos! Este ano tirámos uma semana para ir de férias para o Algarve, mais especificamente na Manta Rota! Assim que começámos a organizar as férias veio logo o maior problema: quando formos jantar fora, vamos onde e comer o quê? Pois é, caso não saibam eu sou vegetariana estrita (quando como fora de casa) e não posso consumir glúten (não devo, devido à fibromialgia). Se pensarem bem, não é fácil arranjar comida que cumpra estes requisitos. Venho mostrar-vos o que comi, onde e como correu ♡ 

Delizia – Tavira

Nesta gelataria podemos encontrar gelados artesanais, tendo uns já ganhos prémios e podemos encontrar gelados feitos à base de fruta e água: os sorvetes (vegan). Todos os gelados estão com placas onde se encontram os símbolos dos seus constituintes, como água, leite, açúcar, trigo, frutos secos, etc. Eu e o meu namorado comprámos 3 bolas de sorvete por 4,30 € (nada caro a meu ver) e estavam deliciosas. Comprámos de limão, morango e maracujá, como se vê na foto. Por isso vegans, aqui estão à vontade  

Página do facebook aqui         

  

Honorato’s – Vila Real de Santo António

Um das vezes que fomos jantar fora, decidimos ir a um italiano, porque afinal de contas é dos estilos de cozinha mais fáceis para se comer vegan (o estilo indiano também mas não encontrámos nada nas redondezas). Tudo o que era vegetariano continha leite ou queijo por isso tive de me decidir por umas massas. Falei com o empregado e só me restava uma opção: comer massa com molho de tomate e cogumelos (que ele simpaticamente adicionou). Estava delicioso, a quantidade era mais que suficiente e o molho de tomate via-se que foi feito por eles, não era dos embalados. Para além disto, os meus pais pediram pão de alho. Mais uma vez, o empregado muito simpático disse que podia fazer o pão de alho sem queijo, substituindo por azeite! Óbvio que aceitei e estava divinal  

Quanto aos valores, o pão de alho (enorme já agora) custou 3 € e a minha massa improvisada 8 €. Valeu muito a pena, ótima esplanada e certamente vou voltar a lá ir!  

Tripadvisor aqui             

Bella Napoli – Vila Real de Santo António

Outro italiano, mas desta vez optei por uma pizza, embora andasse a desejar uma lasanha 🙁 

A pizza escolhida foi a vegetariana, no entanto pedi para alterarem. Retirei o queijo e as azeitonas e troquei por ananás e rúcula. A massa era fina e estaladiça, os ingredientes frescos e os empregados sempre muito simpáticos. Preço: 7,50€

Website aqui   

6459a6b5-f0ee-42ad-9c32-d54b05234203315a3e83-3e9c-4a5f-8e28-c7b821c0bde9

 

 

 

 

 

 

 

 

Resumindo 

Embora não seja fácil, é possível encontrar comida vegan e pessoas dispostas a alterar os pratos para que possamos comer 🙂 Quanto ao glúten obviamente que correu mal: o facto de, embora em pequenas quantidades, consumir glúten praticamente todos os dias, promoveu uma crise de fibromialgia daquelas bem grandes. Os efeitos do glúten não são psicológicos (às vezes bem gostaria) nem são apenas inchaço. Sintomas como cansaço extremo, sensação de depressão, infelicidade, distúrbios de sono, falta de concentração, etc., fazem parte do consumo de glúten. E porquê? Porque o glúten consegue diminuir a produção de serotonina, a hormona do “bem-estar”. Como podem imaginar acabei as férias em grande 🙁 Lição aprendida!   

Espero que tenham gostado, um beijinho!*

2 Replies to “Férias de verão vegan”

  1. Olá, sou a Soraia que falamos no grupo vegetariano. Onde mostrei interesse em mudar a minha alimentação.
    Vim ler o teu blogue e fiquei surpreendida. Vieste passar férias pertissimo de onde vivo.
    Sou de Castro Marim, e é verdade que nesta zona comer sem glúten é um caso impossível. Adorei esta gira coincidência, passarei a ler teu blogue. Beijinhos e muito sucesso.

    1. Olá Soraia, infelizmente é mesmo impossível! 🙁
      Obrigada pelo comentário, um grande beijinho*

O que achaste? Conta-me tudo!