Entrevista a: Veg’aerial

Já tinham saudades de entrevistas? Eu já! 😀 Aqui vai a primeira entrevista a uma Vegan! ♡ É a Anna Santos do blog Veg’aerial. É super querida, super inspiradora e com respostas muito especiais 🙂 

Anna, conta-nos como foi a tua transição! Começaste por ser vegetariana ou fizeste logo a transição para vegan?

Querida Sara, antes de mais quero te agradecer, e dizer-te o quanto adoro o teu blog, acompanho sempre e tens tudo para ter muito sucesso 😊

Bem, a minha transição começou em 2016. Não foi repentina, e começou a ser apenas uma transição para o vegetarianismo. Optei por deixar os alimentos que mais gostava, lacticínios, e tenho de te dizer que foi muito fácil! Com o tempo, todas as pesquisas levaram, inevitavelmente, a tudo o que se passa por de trás da indústria animal, e não consegui continuar a ignorar isso. A transição foi rápida, e fantástica.

Sendo vegan, não basta apenas não comer animais e derivados. Qual é a maior dificuldade que encontras em ser vegan?

Acho que a maior dificuldade vai ser sempre “os outros”.  É o facto de tentarmos ser vegan num mundo não vegan. Não foi nem nunca vai ser algo que me vá fazer mudar de ideias – fazer a transição para o veganismo foi a melhor coisa que fiz. Mas, pensando no geral, essa será sempre a maior dificuldade. E o que fará com que alguém que queira fazer a transição, possa ficar um bocadinho reticente.

29745548_1231263870339718_1667997355_n

É muito difícil ser-se 100% vegan. Que produtos não vegan ainda usas? Quais achas que são os mais difíceis de encontrar?

Quando fiz a transição, não deitei nada fora. Ou seja, produtos que não seriam apropriados a vegan. Em relação a roupa, por acaso nunca usei praticamente nada que viesse de um animal – peles, lâ. Mantenho o meu calçado que, apesar de saber que não é 100% vegan, não utiliza materiais animais na sua constituição (não são de pele, nem outro material proveniente de animais), exceto provavelmente, na cola. Aconteceu o mesmo com os produtos que usava. Já começara a usar produtos mais naturais. Por isso como vês, a mudança que tive de fazer não foi muito drástica. Tive o cuidado de não voltar a comprar nada que não fosse cruelty free.

Respondendo à tua última pergunta, não acho que estes produtos sejam difíceis de encontrar. Acho que, produtos que sejam certificados, são absurdamente caros. Isso pode impedir alguém de os querer comprar. Mas há imensas marcas que são acessíveis a quase toda a gente – basta procurar por produtos naturais e orgânicos, ou aprender a ler rótulos (quase obrigatório para nós :p)

Psicologicamente, o que o veganismo te ofereceu?

Desde que sou vegan, que sinto que toda eu mudei. Sinto-me muito mais feliz, todos os dias. Sinto imensa paz comigo mesma e com os outros. Sinto também que fiquei muito mais sensível. Mas sinto, no fundo, que a pessoa que sou agora é a pessoa que sempre quis ser. Trouxe-me tanta coisa boa para a minha vida, acho que só quem experimenta é que entende a maravilhosa experiência que é ser vegan.

Conseguiste converter alguém? Apoiam-te?

Tentei ehe. Na minha opinião, acho que a única forma de converter alguém é mesmo mostrando-lhes os benefícios que o veganismo traz para a nossa vida. Não adianta fazê-lo de forma “agressiva”. Gosto de falar disso com toda a gente, desde que elas o queiram. Sei que já mudei formas de pensar de muita gente, e orgulho-me por isso. Acho que devagarinho, acabaremos por fazer diferença nas pessoas.

29855775_1231264323673006_2064204184_n

Sentes falta de algum alimento não vegan? Se sim, qual?

Não consigo encontrar um, sinceramente. Não sinto falta de nada em particular porque consegui encontrar opções vegans de tudo o que gostava antes. Sinto mais falta de poder ir a um café e pedir um café com bebida vegetal e terem. Na cidade onde vivo, infelizmente, as escolhas em termos de cafés ou mesmo restaurantes com opções 100 % vegetarianas, são muito escassos.

Em que loja(s) costumas encontrar os produtos que costumas usar?

Não uso nenhuma loja “especial”. Recorro a supermercados, quando quero comprar tofu ou bebidas vegetais. Não é algo que eu coma todos os dias, faço uma alimentação mais natural. Recorro muito ao Jumbo, para isto. O Celeiro, adoro também. Não tenho aqui na cidade onde moro, mas sempre que posso, vou lá abastecer-me. Uso muito também o mercado municipal. Mas está a chegar a altura em que o quintal vai começar a dar legumes e fruta, e nessas alturas é raro comprar seja o que for.

Que mensagem gostarias de deixar para os que estão a ler esta entrevista?

Tentem. Arrisquem. Pelo ambiente, pelos animais, mas fundamentalmente por nós. Nós devíamos ser a prioridade, o nosso bem-estar. Experimentem não comer nenhum derivado animal só uma semana, e irão sentir mudanças fantásticas. Mas, mais importante do que isto – Respeitem. Cada um tem direito a fazer as suas escolhas. Ser vegan é priorizar todos os seres que habitam no planeta, incluindo o planeta. Como é que podem achar que isso é errado?

 

Obrigada!

Obrigada, querida Sara 😊 <3

Curioso(a)s?

Instagram: https://www.instagram.com/veg.aerial/

Blog: https://thelightnessinyourlife.blogspot.pt/

29853098_1231263073673131_1057419715_n

 

14 Replies to “Entrevista a: Veg’aerial”

  1. Gostei muito da entrevista, É mais um testemunho que considero inspirador. Parabéns à Anna 🙂
    Beijinhos!

    1. Que bom 😍 beijinhos

  2. Gostei muito de ler a entrevista da Anna! Fazer a transição para uma alimentação vegan é um dos meus objetivos para quando sair de casa, uma vez que é aí que vou começar a depender apenas de mim para a minha alimentação e é muito bom ler testemunhos destes!

    Beijinhos e bons posts,
    Bia do Bookaholic.

    1. Que bom que gostaste! Um grande beijinho e força na tua transição 💖

  3. Muito bom! 🌺😄👌

    1. Obrigada! Um beijinho 💖

      1. De nada! 🙂

  4. Foi o primeiro blog que segui! Sem dúvida que foi agulha no palheiro ter descoberto logo um blog vegan ahaha
    Não poderia concordar mais, acho que a parte mais complicada de se tornar totalmente vegan é a falta de roupa, maquilhagem e por aí foram. E quando existe os valores são muito caros :l
    Adorei a entrevista! Ainda bem que a trouxeste <3

    Beijosssss <3

    1. Fico muito contente que tenhas gostado. Felizmente existem cada vez mais marcas Vegan! Um grande beijinho

  5. Gostei imenso da entrevista! O testemunho da Sara é mesmo inspirador 🙂

    1. Obrigada Andreia! 💖

  6. Que orgulho poder estar no teu blog 🙂
    É sempre um prazer <3

    1. Foi um prazer entrevistar-te 💖 um grande beijinho 😘

  7. Muito obrigado, Sara! Vai ficar um máximo, vais ver 🙂

    Sou fã de entrevistas e esta foi mais uma das que me motivou 😀 Obrigado!

    NEW REVIEW POST | FINALLY: GOODBYE SPOTS with this amazing MOISTURIZER! 😮
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me 😀

O que achaste? Conta-me tudo!