2019 – um ano do caraças!

Confesso que não tinha intenção de fazer uma review do ano 2019, mas esta semana estava na cama a fazer toda uma retrospectiva e este ano foi do caraças!

Se há dois anos me estivessem a contar o que iria acontecer ou o que eu iria fazer no ano 2019 eu mandava essa pessoa para um certo sítio (risos). Não por querer ser ruim atenção, mas porque seria impossível! 

Comecei o ano 2019 por arranjar um trabalho a full-time, uma conquista enorme! Como devem imaginar os nervos eram incontroláveis, afinal de conta o estabelecimento ficaria à minha conta durante 6 horas. Sim, eu, sozinha, a atender clientes, na Dinamarca. Acreditam? Eu não acreditaria. 

As aulas de Dinamarquês continuaram até ao mês de julho, se não me engano. Língua bem difícil, que requer muito trabalho e muita tentativa-erro. Felizmente comecei a ganhar coragem e atendia os meus queridos clientes em dinamarquês. Sim, mais uma coisa que não acreditaria! E não é que eles percebiam? (risos)

Entretanto uma mega novidade que esperava há muito apareceu

Estava eu em Portugal de férias quando o meu namorido me diz que finalmente tínhamos conseguido a casa que esperávamos há 8 meses. Como assim?! Mas como tudo vem com um mas… A casa precisava de ser remodelada. Bastante. Aqui as casas são antigas e esta já foi bem maltratada. A renda seria apenas metade do que pagávamos, por isso compensava. Vamos lá! Foi um mês e meio a ir quase todos os dias à segunda casa, a seguir a um dia de trabalho… Lixar portas, chão, limpar gordura com 100 anos, pintar, retirar carpete com cola, arranjar mobilia nova (estava vazia a casa), arranjar os móveis da cozinha, tapar buracos …

Acabámos de rastos, mas felizes ♡

Entretanto estamos no mês de outubro e eu já não aguento mais. Aos domingos sinto uma pressão no peito, uma ansiedade por ter mais uma semana de trabalho. As coisas não iam bem, os turnos eram irregulares, não haviam condições decentes e eu fazia bem mais do que devia. Despedi-me. Só eu sei o alívio que senti. Óbvio que haviam condições que o permitiram, mas foi a melhor decisão de sempre. 

Comecei também por aprender a fazer pequenas coisas em macramé. Porque precisava de criar algo, precisava de algo novo e o meu cérebro não descansa sem novidades. Acabei por perceber que até tinha jeito e fui investido em materiais e experimentei coisas novas. Até abri uma pseudo-loja no instagram. E não há coisa que mais goste do que fazer coisas para vocês

Estamos agora em dezembro. Procurei por trabalho nas mais variadas áreas. Não é fácil não sabendo falar dinamarquês fluentemente. Mas há uma coisa que quero realmente realçar neste post de hoje.

Nada acontece por acaso, nada mesmo. 

Passo a explicar. Por ter parado as aulas de dinamarquês tive de mudar de turma e professor. Felizmente fui parar a uma turma que ainda estava no módulo 2 (eu tinha feito já metade do 3º), com um professor tão exigente que a turma estava bem mais avançada do que a minha antiga. Foi um choque, confesso. Ele só fala em dinamarquês àquela velocidade espanhola que nós bem sabemos (risos). Espero conseguir evoluir com esta turma espetacular.

O outro “acaso” surgiu através de um ato de bondade. Uma portuguesa precisava de soro fisiológico (super difícil de se encontrar aqui) para a sua filha que estava super doente. Disse-lhe para vir que eu tinha um frasco novo. Não a conhecia, mas aqui existe muito a troca de produtos, o dar sem querer nada de volta. Ficámos “amigas” e graças a ela inscrevi-me numa app de trabalho freelancer como empregada de mesa e apoio a eventos. Foi graças a ela que consegui o meu primeiro trabalho que correu tão bem, que gostaram de mim e ficaram com o meu contacto. Foi graças a ela que já me chamaram para mais eventos. É um trabalho a sério? Não, mas já é uma ajuda até começar a estudar. 

Se me dissessem que seria capaz de atender em dinamarquês, de ir trabalhar para sítios que nunca fui, de renovar uma casa, de ligar para os impostos e resolver problemas, de começar a estudar algo que nada tem a ver com os estudos que tenho. Não acreditaria. Mas cresci, evoluí e veremos o que o próximo ano me traz


Deixo aqui algumas fotos que tirei ao longo do ano. Deixo também o link para a loja de macramé se tiverem interesse e dar uma espreitadela — https://www.instagram.com/saracanhotomacrame/

Gosto de vocês! Obrigada por me lerem, um beijinho,

8 Replies to “2019 – um ano do caraças!”

  1. Um ano de várias mudanças, vários momentos. O importante é continuar firme e ter quem nos apoie. Depois da tempestade vem a bonança! Let’s go 2020 for sucess!

    1. É isso mesmo, obrigada! 😀

  2. Fico muito contente por ti querida Sara! Que tudo continue a correr bem em 2020. É que concretize muitos dos teus sonhos

    Beijinho grande =)

    1. Igualmente Ana! Um grande beijinho!

  3. Madalena Caria Mendes says: Responder

    Grandes conquistas Sarinha! é mesmo assim deixa a vida acontecer amazing things are coming! 🙂 beijinho

    1. Ohh obrigada princesa! Um grande beijinho ❤️

  4. Fico tão contente por ti Sara!! Por vezes é preciso passar por ‘mau’ bocados para viver a verdadeira felicidade da vida. Que o 2020 seja um ano bom 😊
    Beijinhos

    1. Obrigadaa! O dobro para ti :*

O que achaste? Conta-me tudo!